Novo presidente de Portugal toma posse e dá prioridade à CPLP


10 de Março de 2016, ás 13:17 escrito por UE-CPLP



Em 9 de março, Marcelo Rebelo de Sousa foi empossado como presidente da República de Portugal. Em seu discurso de posse, o político apontou a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) como uma das prioridades de sua gestão.

Dentro de um discurso de 27 minutos de duração, o novo Chefe de Estado português fez sete referências aos países de Língua Portuguesa. Assim como fez durante a campanha presidencial, Rebelo de Sousa afirmou que a política externa de sua gestão terá três prioridades: a CPLP, a União Europeia e a Aliança Atlântica. No âmbito da primeira, o presidente defendeu, em algumas ocasiões, a livre circulação de bens, serviços, pessoas e capitais entre os países de Língua Portuguesa.

    Representante do Partido Social Democrata, Rebelo de Sousa foi eleito em 24 de janeiro com 52% dos votos válidos. Professor da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, o político morou em Moçambique durante sua infância. Seu filho, Nuno Rebelo de Sousa, reside no Brasil.

    Além de Rebelo de Sousa, a CPLP é considerada prioritária pelo atual Primeiro-Ministro de Portugal, António Costa, que também é favorável à livre circulação nessa comunidade.