China perdoa dívidas de países africanos


10 de Setembro de 2018, ás 10:04 escrito por UECPLP



A China vai perdoar as dívidas dos países africanos pobres e menos desenvolvidos, que vencem no final deste ano. Este é um dos resultados do VIIº Fórum de Cooperação China/África.

Com vista a benefícios comuns, a China está disposta a promover sinergias em vários sectores, para ajudar a África a integrar-se na cadeia do desenvolvimento.

Tanto o governo chinês, como as empresas chinesas, vão oferecer um financiamento de mais de 60 bilhões de dólares para os países africanos.

Nos próximos 3 anos, as empresas chinesas vão investir, também, nos países africanos, mais de 10 bilhões de dólares.

O governo chinês vai perdoar as dívidas dos países africanos com os quais tem relações, os menos desenvolvidos, pobres e muito endividados, essas, que não foram pagas e que venceriam até ao final de 2018.

O montante que a China vai disponibilizar aos países africanos já está em processo de andamento e esses planos de governação vão levar a cooperação estratégica integral sino/africano para um nível mais alto, demonstrando a capacidade criativa, coesiva e executiva daquele país.

As medidas anunciadas pelo presidente chines durante a cerimonia de abertura do fórum, são, segundo Xi Jimping, direccionadas, especialmente, aos jovens africanos com promessas de emprego, bolsas de estudos, paz, segurança, intercambio cultural.

Nesta edição do FOCAC participam mais 3 novos países: o Gana, o Burquina-Faso e São Tomé e Príncipe.

 

Notícia: rtc.cv


Procurar