Empresários queixam-se de excesso de burocracia na contratação de estrangeiros


06 de Agosto de 2018, ás 14:24 escrito por UECPLP



Em Conferência de Imprensa nesta sexta-feira, em Maputo, o sector privado queixou-se de excesso de burocracia no processo de contratação de trabalhadores estrangeiros.

Em reacção ao facto da Ministra de Trabalho, Emprego e Segurança Social, Vitória Diogo, ter-se mostrado agastada com supostos esquemas de corrupção na contratação de mão-de-obra estrangeira.

 Pedro Baltazar, representante da Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA) disse que há documentos cobrados no processo e que não estão previstos na lei. 

Na mesma conferência de Imprensa, a CTA acusou as populações que vivem perto das estradas de agir de má-fé para ganhar indemnizações e que este facto encarece os projectos de construções de infra-estruturas.  

 

Notícia: opais.sapo.mz


Procurar