Banco alemão Commerzbank confirma nova linha de crédito para Angola


01 de Agosto de 2018, ás 14:29 escrito por UECPLP



O banco alemão irá abrir uma nova linha de crédito de 500 milhões de euros com garantias estatais para financiar exportações da Alemanha a Angola. Dinheiro deverá ser usado principalmente para bens de investimento.

Nos próximos dias, será assinado um acordo geral para a concessão de créditos pelo banco privado alemão Commerzbank, com sede em Frankfurt. Com esta nova linha de crédito, o quarto maior banco alemão poderá financiar exportações de empresas alemãs a Angola num total de 500 milhões de euros.

Preferência para bens de investimento

"O Commerzbank prefere exportações de bens de investimento (como máquinas e equipamentos)", disse o banco à DW África. "Como o Governo de Angola pretende diversificar a economia do país, fabricantes alemães de máquinas e equipamentos poderiam fornecer bens para projetos economicamente sustentáveis em Angola", explica.


Antes da concessão, cada crédito tem que ser aprovado por três instituições: o próprio Commerzbank, o Estado angolano e a companhia de seguro de créditos do Governo da Alemanha, a empresa Euler Hermes. Esta última é uma subsidiária da seguradora alemã Allianz e trabalha segundo normas da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).


Com o aval da Euler Hermes, o crédito terá uma garantia estatal no caso de uma falha no pagamento por parte do lado angolano. Um procedimento padrão para créditos de exportações a economias em vias de desenvolvimento.


Crédito não é resultado da visita de João Lourenço à Alemanha


Com a nova linha de crédito, o Commerzbank volta a ser mais ativo no mercado Angola. Em 2012, abriu uma representação local em Luanda.


Em 22 e 23 de agosto de 2018, o Presidente de Angola, João Lourenço, planeia fazer uma visita a Berlim, capital da Alemanha. Participará também no sétimo fórum económico Angola-Alemanha.


Mas o banco nega que a nova linha de crédito tenha a ver com a visita: "As negociações para este acordo geral começaram já antes do anúncio da visita do Presidente Lourenço à Alemanha." Segundo o banco, a assinatura do acordo geral para a linha de créditos acontecerá nos próximos dias. Para além da análise de eventuais créditos individuais, o Commerzbank não tem planos para expandir fortemente os seus negócios em Angola.

 

Notícia: angonoticias.com


Procurar