Nível de vida dos portugueses será superior ao dos espanhóis em 2060


30 de Julho de 2018, ás 17:25 escrito por UECPLP



A qualidade de vida de um norte-americano é o dobro da de um português actualmente. Nos próximos 42 anos a diferença será menor, segundo a OCDE. Portugal deverá ultrapassar Espanha e Itália neste indicador.

O nível de vida dos portugueses representará 65% do nível de vida dos norte-americanos em 2060, em comparação com os 53% que representa actualmente. As projecções são da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE) e fazem parte do estudo "Cenário para a economia mundial em 2060" publicado recentemente. Mais surpreendente é que a qualidade de vida dos portugueses vai ultrapassar a dos espanhóis e dos italianos nos próximos 42 anos.
No relatório, a OCDE decidiu medir a convergência da qualidade de vida no cenário base para a evolução das economias mundiais nos próximos 42 anos. Para atestar o nível de vida de cada país este estudo utiliza o PIB real per capita expresso em paridade de poder de compra. Os EUA são, tradicionalmente, utilizados como o país-referência neste tipo de estudos.
Pelas contas da OCDE, em 2018, o nível de vida de um cidadão residente em território nacional é, na prática, metade da de um residente nos Estados Unidos. No que toca aos Estados-membros da União Europeia que fazem parte da OCDE, Portugal apenas está à frente da Grécia, Letónia, Hungria e Polónia. Os restantes países europeus têm um nível de vida superior, tal como mostra o gráfico.


Mas isso vai mudar até 2060. Nesse ano, a OCDE prevê que o nível de vida dos portugueses seja 65% da dos norte-americanos, uma melhoria expressiva. Mas o mais surpreendente é que nos próximos 42 anos Portugal deverá ultrapassar países europeus como Espanha (que piora o nível de vida), Itália e Eslovénia neste indicador. 
Sete países vão ter melhor nível de vida que EUA
Actualmente existem quatro países com um melhor nível de vida do que os EUA e são todos europeus: Luxemburgo, Irlanda, Noruega e Suíça. Nos próximos 42 anos estes países vão alargar ainda mais a sua distância no PIB real per capita dos Estados Unidos, principalmente o Luxemburgo e a Irlanda.
Mas também há países que vão juntar-se ao clube em 2060. É o caso da Islândia, da Holanda e da Austrália - os cidadãos destes três países terão um nível de vida superior ao de um norte-americano. Ao todo serão sete os países com qualidade de vida superior aos EUA.
Entre os restantes países que se mantêm abaixo do nível de vida norte-americano, o destaque vai para a Turquia que é dos que mais melhora passando de 47% para 86%. A melhoria dos turcos está relacionada com a evolução demográfica positiva, diz a OCDE, o que não acontece na maior parte dos restantes países da Organização.
Do outro lado da barricada vai estar a Rússia. Em 2060, um russo terá um nível de vida, em comparação com o de um norte-americano, pior do que regista actualmente.

 

Notícia: jornaldenegocios


Procurar