São Tomé e Príncipe e Cabo-Verde assinam em julho acordos de vistos, carta condução e investimentos


22 de Junho de 2018, ás 09:25 escrito por UECPLP



São Tomé e Príncipe e Cabo Verde vão estabelecer em Julho o reconhecimento mútuo de títulos de condução, facilitação de vistos bem como promoção e proteção de investimentos de acordo com uma declaração assinada domingo em São-Tomé pelos ministros de Negócios Estrangeiros e testemunhada pelos chefes de Governo de ambos os dois países.

Assinado pelo ministro são-tomense dos Negócios Estrangeiros, Urbino Botelho e pelo seu homólogo cabo-verdiano, Luís Felipe Tavares, a declaração indica que os acordos serão assinados em julho em Cabo-Verde na altura em que decorrerá a 10ª cimeira da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) a ter na capital cabo-verdiana entre 17 e 18 de julho.

Além de acordos relativos ao reconhecimento mútuo de títulos de condução, facilitação de vistos bem como promoção e proteção de investimentos, as partes acordaram igualmente de assinar uma convenção para evitar a dupla tributação e prevenir a evasão fiscal em matéria de impostos sobre rendimentos.

A assinatura da declaração que aconteceu no aeroporto de São Tomé pondo fim a visita oficial de cinco dias do primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva a São Tomé e Príncipe a convite do primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada com quem fez o balanço e redefiniu as linhas de força e as prioridades no âmbito do programa quadro de cooperação entre os dois Estados.

Além de interesse comum no que concerne ao reactamento de uma linha área que deve passar por Sal, Cabo-Verde, Luanda, Angola e a capital são-tomense, dois primeiros-ministros acordaram ainda que relançar a cooperação nas áreas económicas e sociais bem como a nível da CPLP.

PM de Cabo Verde dá show de dança no Príncipe

A assinatura aconteceu depois do encontro do primeiro ministro de Cabo-Verde e a comunidade cabo-verdiana, a qual prometeu duplicar a pensão e aumentar número de bolsa de estudo aos descendentes de Cabo-Verde num acto que sucedeu ao seu regresso da Região Autónoma do Príncipe, onde teve a oportunidade de tirar um pé de dança tal como ilustram as imagens na ilha do Príncipe.

Na ilha do Príncipe, recebido pelo presidente do Governo Regional, José Cardoso Cassandra, o Primeiro-ministro de Cabo-Verde, Ulisses Correia e Silva manifestou interesse de reforçar cooperação na educação através de formação profissional e superior e relançar os sectores do  turismo, agua-industrial e energia renovável.

 

Notícia: stp-press