São Tomé e Príncipe já tem embaixadora na China


17 de Maio de 2018, ás 10:31 escrito por UECPLP



São Tomé e Príncipe passará a contar com embaixadora em Pequim, o arquipélago que suspendeu relações com Taiwan para voltar a reconhecer a China popular.

Isabel Domingos, torna-se na primeira figura são-tomense a exercer as funções de diplomacia no território da China popular.

Foi nomeada na semana passada pelo Presidente são-tomense, Evaristo Carvalho para exercer as funções de embaixadora em Pequim depois do reatamento de relações diplomáticas em Dezembro de 2016 entre São Tomé e Pequim.

Para além de se tratar de uma autarca pelo círculo eleitoral de Mézochi, o segundo distrito mais populoso do pais, onde exercera as funções de Presidente da edilidade local, Isabel Domingos, foi deputada à Assembleia Nacional pela bancada do partido ADI, partido no poder e líder do movimento das mulheres em acção, ala feminina na referida formação politica.

Foi assessora para assuntos sociais do primeiro-ministro, Patrice Trovoada. Já exerceu as funções de docente no ensino básico. Isabel Domingos, vai ter um papel de advogar diplomaticamente para consolidação das relações entre São Tomé e Pequim, tendo como orientação o acordo geral de cooperação assinado pelos dois países.

 O referido acordo está avaliado em 146 milhões de dólares cerca de (118 milhões de euros), para financiar programas nos sectores da energia, turismo, saúde, pesca, infra-estruturas, agricultura e educação. Máximino Carlos conta-nos quem vai ocupar a chancelaria são-tomense na capital chinesa.
 
 
 
Fonte: Radio France