Banco Central volta a reduzir taxa de juro de política monetária


27 de Fevereiro de 2018, ás 09:33 escrito por UECPLP



A contínua melhoria do indicador de inflação e das projecções para o médio prazo, indica a autoridade monetária, justifica o prosseguimento da redução das taxas de juro pelo CPMO.

Depois de em Dezembro último ter reduzido a taxa de juro de política monetária (taxa MIMO) em 1.5 pontos percentuais para 19.5%, o Comité de Política Monetária (CPMO) do Banco de Moçambique voltou a reduzir a taxa MIMO em 1.5 pontos percentuais para 18%.

O Comité de Política Monetária reduziu, igualmente, as taxas da Facilidade Permanente de Cedência (FPC) e da Facilidade Permanente de Depósitos (FPD) em 1.5 pontos percentuais, para 19% e 12,5%, respectivamente.

“Em face da volatilidade que se observa no mercado cambial, o CPMO deliberou aumentar o coeficiente de Reservas Obrigatórias (RO) para os passivos em moeda estrangeira em 8 pontos percentuais para 22%, com efeitos a partir do período de constituição de reservas obrigatórias que inicia a 7 de Março de 2018, tendo mantido o coeficiente de Reservas Obrigatórias para os passivos em moeda nacional em 14%”, indica a nota de deliberação da reunião do Comité da Política Monetária, havida esta segunda-feira.

 

 

Fonte: O País


Procurar