GUINÉ BISSAU | Banco Mundial disposto a apoiar projectos de desenvolvimento


14 de Novembro de 2017, ás 15:10 escrito por UECPLP



O novo Director Executivo do Banco Mundial (BM) para 23 países de África, incluindo a Guiné-Bissau, garantiu hoje em Bissau, que esta instituição  espera do país a apresentação de  projectos “concretos” de desenvolvimento, com vista aos seus financiamentos.

Em declarações à imprensa apos um  encontro com o Presidente da República, Seydou Bouda reafirmou que esta instituição financeira internacional “está ao lado da Guiné-Bissau” na sua luta contra o subdesenvolvimento.

 

Abordado sobre a razão do encontro com José Mário Vaz, Bouda informou que o mesmo visa conhecer as necessidades do país em diferentes sectores, e apresentar-se como o novo responsável máximo do BM para quase metade dos países de África, incluindo a Guiné-Bissau.

 

Acrescentou ainda que o Chefe de Estado guineense manifestou-lhe o interesse de o Banco Mundial continuar a apoiar o país, sobretudo nos domínios da agricultura e pescas, para garantir a auto-suficiência alimentar e gerar mais postos de trabalho.

 

Em relação a situação macroeconómica, Seydou Bouda disse que a Guiné-Bissau “tem nota positiva”, porque, segundo as suas palavras, “conhece, neste momento, melhor crescimento em relação aos anos anteriores”.

 

Seydou Bouda de nacionalidade burkinabé, antes de ingressar no Banco Mundial (BM) desempenhou vários cargos públicos neste país de África de Oeste. 

 

FONTE: ANG