GUINÉ BISSAU | Governo investe cerca de 300 milhões CFA na manutenção da pista do Aeroporto


24 de Outubro de 2017, ás 17:58 escrito por UECPLP



O ministro das Obras Públicas Construções e Urbanismo afirmou que as obras de manutenção da pista do Aeroporto Internacional “Osvaldo Vieira”, vão arrancar ainda no decurso desta semana. 

Marciano Silva Barbeiro, em declarações à imprensa, após  visita conjunta que efectuou hoje à pista do Aeroporto de Bissau com o seu homólogo dos Transportes e Comunicações, disse que o Governo decidiu fazer essa intervenção para minimizar as várias queixas de companhias aéreas que operam no país.

 

“Esta é a terceira visita que estamos a fazer na pista do Aeroporto Internacional de Bissau, depois de temos recebidos alertas de diferentes lados, desde as companhias aéreas que operam no país e de outros cidadãos de que a nossa pista de aviação está em más condições e corre o risco de deixar de receber os voos”, explicou.

 

O governante afirmou que isso constitui a preocupação não só das autoridades aeroportuárias e do Governo, mas sim de todos os cidadãos, salientando que é imaginável o risco do país vir a ficar sem ligação aérea.

 

“Foi nesta base que o Governo tomou a iniciativa, depois do assunto ser debatido no Conselho de Ministros, em que se  decidiu criar uma Comissão Interministerial constituído pelos Ministérios da Economia e Finanças, dos Transportes e Comunicações e das Obras Públicas e da Presidência do Conselho de Ministros”, informou.

 

Marciano Silva Barbeiro disse que depois da primeira visita foi criada uma Comissão Técnica para fazer a identificação de verdadeiras zonas críticas  da pista.

 

Declarou que a visita serviu igualmente para orientar a empresa executora da obra, a Arezki, e das autoridades aeroportuárias para sentarem a mesma mesa e em função dos planos de voos planificarem os trabalhos.

 

“Penso que se tudo correr como previsto dentro de 24 à 48 horas as obras  vão começar”, prometeu.

 

Por seu turno, o ministro dos Transportes e Comunicações disse que existe uma previsão de estudos técnicos, ambientais e económicos de grande reparação ao nível de pista do Aeroporto de Bissau e que está a decorrer os trâmites normais.

 

Fidélis Forbs explicou que no final deste estudo, o Governo e a Agência de Navegação Aérea em África e Madagascar (ASECNA), vão lançar um concurso internacional para a reabilitação da pista.

 

“Esta que inicia dentro de dias é uma reparação pontual de forma a eliminar todos os perigos que existem no que diz respeito a aterragem e descolagem de aviões”, afirmou, acrescentando que as obras vão custar cerca de 300 milhões de francos CFA.

 

Fonte: ANG